Buscar
  • Barbara Leite Liberato

Meu Jeito de Ser Mãe

Com Fabiana Ribeiro

@biarribeiro



Sou Fabiana Reis Ribeiro Campos, casada há quase 15 anos com Ubiracy, mãe do Benício de 3 anos. Católica. Imperatrizense. Adoro praia, piscina, cachoeiras e viajar. Curto ouvir as músicas Alok.

Assistir filmes, séries e comer pipoca. Sou educadora e engajada em vários trabalhos: supervisora pedagógica no Colégio Santa Luzia, professora do curso de fisioterapia na Unisulma, sou diretora da Faculdade Inspirar Imperatriz, diretora da empresa de esportes Capsportes, sócia de uma empresa de alimentação para cantinas e de uma escola bilíngue, a Maple Bear, em Formosa - GO.









Ser mãe do Benício...

O amor por ele nasceu muito antes dele existir... na noite de um domingo de Páscoa de 2018 recebi uma ligação que mudou minha vida para sempre.


Deus mandou me avisar que o meu filho estava chegando!

E foi tão generoso comigo que me perguntou se eu estava preparada para recebê-lo. Claro que minha resposta foi simmmm!


O sentimento era tão bom que o nome do meu filho só poderia ser BENÍCIO, que significa “homem bom, homem abençoando, homem de bem”.


Desde aquela data eu me tornei mãe. Vivi uma espera pelo nascimento do meu filho à distância, e todas as angústias e misturas de emoções possíveis... medo, insegurança, euforia, alegria, saia do riso ao choro em minutos.



Fabiana com o fiho Benício de 2 anos


Eu e meu marido passamos 10 anos tentando ter filhos. Nesse caminhada tivemos uma gravidez ectópica (nas trompas), uma cirurgia de urgência para retirada da trompa (salpingectomia), 6 fertilizações em vitro, uma tentativa de barriga solidária, muitos exames, muitas viagens, muitas injeções, dezenas de remédios, noites em claro, cadastro no programa nacional de adoção e muitas lágrimas.


Demorou até entender que meu filho chegaria pelas mãos de Deus e pela intercessão de Nossa senhora Aparecida, Nossa senhora de Nazaré e pelo ventre de outra mãe. Que foi generosa e tão especial, que foi capaz de me tornar mãe.


Dia 25/04/2018 Benício chegou! No dia que minha avó fez 90 anos. Foi uma festa!


Nossa casa, ganhou mais vida, mais barulho, mais cor, mais brinquedos e muito, muito amor!


Em 2021, eu e Bira completaremos 15 anos de casamento. E o Benício é a cereja desse bolo, é o recheio dessa família forjada na fé, no amor e na resiliência.


Por ser professora, fisioterapeuta e trabalhar com educação busco ler, conhecer e estudar Parentalidade Positiva, Comunicação Não-Violenta e Desenvolvimento Infantil.


As leituras, workshops e vivências me ajudam a ser a mãe que eu quero para o meu filho. Mostram um caminho, bem difícil de seguir, confesso, mas que dá prazer em colher os resultados.


O equilíbrio e a busca do caminho do meio entre a permissividade e a agressividade para educar para o amor, com limites e respeito, são meus desafios. Tive uma criação maravilhosa que me tornou a mulher que sou hoje. Gratidão eterna aos meus pais.


Sei que tenho muitas coisas boas para valorizar e lançar mão do que vivi na minha infância para me ajudar a ser mãe. Sei também das minhas sombras, dores, das minhas dificuldades e limites.


Meu sonho como mãe?

Que meu filho saiba que meu colo sempre será um lugar seguro e aconchegante para ele; Que ele saiba que e a vida é cheia de desafios e eu estarei pronta para lhe apoiar e lhe ajudar a encontrar um caminho seguro e feliz para seguir; Que ele possa fazer escolhas e que se sinta bem com elas; Que tenha amigos para brincar e confiar; Que ele seja um homem de bem, o BENÍCIO.




Obrigada Bárbara Leite pelo convite que me fez refletir e sentir tantas coisas boas ao escrever esse breve relato. Você faz parte do processo de transformação de muitas famílias. Obrigada pelo blog e por nos ensinar tanto.

Beijo grande e Feliz dia das mães!


Fabiana Reis Ribeiro Campos

Mãe do Benício

35 visualizações

Posts recentes

Ver tudo